Pular para o conteúdo principal

Postagens

"Não se perturbe o teu coração. – Crê em Deus..."

A Família como Instrumento de Redenção Espiritual.

... Reconcilia-te com o teu adversário – advertiu Cristo – enquanto estás a caminho com ele.
E não é precisamente no círculo aconchegante da família que estamos a caminho com aquele que a nossa insensatez converteu em adversário?
O espiritismo coloca, pois, sob perspectiva inteiramente renovada e até inesperada, além de criativa e realista, a difícil e até agora inexplicável problemática do inter-relacionamento familial. Se um membro de nossa família tem dificuldades em nos aceitar, em nos entender, em nos amar, podemos estar certos de que tais dificuldades foram criadas por nós mesmos num relacionamento anterior em que as nossas paixões ignoraram o bom senso.
- E a repulsão instintiva que se experimenta por algumas pessoas, donde se origina? Perguntou Kardec aos seus instrutores (LIVRO DOS ESPÍRITOS, Pergunta 389).
- São espíritos antipáticos que se adivinham e reconhecem, sem se falarem.
O ponto de encontro de muitas dessas antipatias, que necessitam do toque mágico do amor e do entendim…
Postagens recentes

A casa queimada.

Um certo homem saiu em uma viagem de avião. Era um homem temente a Deus, e sabia que Deus o protegeria. Durante a viagem, quando sobrevoavam o mar um dos motores falhou e o piloto teve que fazer um pouso forçado no oceano. Quase todos  morreram, mas o homem conseguiu agarrar-se a alguma coisa que o conservasse em  cima da água. Ficou boiando à deriva durante muito tempo até que chegou a uma  ilha não habitada. Ao chegar à praia, cansado, porém vivo, agradeceu a Deus por  este livramento maravilhoso da morte. Ele conseguiu se alimentar de peixes e ervas.  Conseguiu derrubar algumas árvores e com muito esforço conseguiu construir uma casinha para ele. Não era bem uma casa, mas um abrigo tosco, com  paus e folhas. Porém significava proteção. Ele ficou todo satisfeito e mais uma  vez agradeceu a Deus, porque agora podia dormir sem medo dos animais selvagens  que talvez pudessem existir na ilha.  Um dia, ele estava pescando e quando terminou, havia apanhado muitos peixes.  Assim com comida abund…

Viver em Paz.

"..Vivei em paz..."
Paulo, (II CORÍNTIOS. 13:11.)


Mantém-te em paz.
É provável que os outros te guerreiem gratuitamente, hostilizando-te a maneira de viver; entretanto, podes avançar em teu roteiro, sem guerrear a ninguém.

Para isso, contudo - para que a tranqüilidade te banhe o pensamento -, é necessário que a compaixão e a bondade te sigam todos os passos.
Assume contigo mesmo o compromisso de evitar a exasperação.

Junto da serenidade, poderás analisar cada acontecimento e cada pessoa no lugar e na posição que lhes dizem respeito.

Repara, carinhosamente, os que te procuram no caminho...
Todos os que surgem, aflitos ou desesperados, coléricos ou desabridos, trazem chagas ou ilusões. Prisioneiros da vaidade ou da ignorância, não souberam tolerar a luz da verdade e clamam irritadiços... Unge-te de piedade e penetra-lhes os recessos do ser, e identificarás em todos eles crianças espirituais que se sentem ultrajadas ou contundidas.

Uns acusam, outros choram.
Ajuda-os, enquanto …

Observar para Atender.

“A piedade é o melancólico, mas celeste precursor da caridade.
primeira das virtudes que a tem por irmã e cujos benefícios ela
prepara e enobrece”. (Allan Kardec, E.S.E. Cap.XIII- ltem 17).


Você comentará falhas alheias, sem resultado edificante, e se fará dilapidador das fraquezas do próximo.
Você censurará o vizinho, sem lhe retificar a posição, e se converterá em juiz impiedoso das vicissitudes dos outros.
Você discutirá as imperfeições do amigo, sem lhe modificar a situação moral, e se transformará em algoz de quem já é vitima de si mesmo.
Você debaterá problemas dos conhecidos, sem os solucionar, e se tornará leviano examinador das causas que lhe não pertencem.
Você exporá feridas do caráter das pessoas, sem as medicar, e se situará na condição de enfermeiro negligente em doenças a que lhe não cabe oferecer assistência.

Cale o verbo que não ajuda, observe e sirva.
Você caminha sob a mesma ameaça. Os outros observam-no também.
Deixe que a tentação da censura morra asfixiada no alg…

O Suicida do Trem

Eu nunca me esquecerei que um dia havia lido num jornal acerca de um suicídio terrível, que me impactou: um homem jogou-se sobre a linha férrea, sob os vagões da locomotiva e foi triturado. E o jornal, com todo o estardalhaço, contava a tragédia, dizendo que aquele era um pai de dez filhos, um operário modesto. Aquilo me impressionou tanto que resolvi orar por esse homem. Tenho uma cadernetinha para anotar nomes de pessoas necessitadas. Eu vou orando por elas e, de vez em quando, digo: se este aqui já evoluiu, vou dar o seu lugar para outro; não posso fazer mais. Assim, coloquei-lhe o nome na minha caderneta de preces especiais - as preces que faço pela madrugada. Da minha janela eu vejo uma estrela e acompanho o seu ciclo; então, fico orando, olhando para ela, conversando. Somos muito amigos, já faz muitos anos. Ela é paciente, sempre aparece no mesmo lugar e desaparece no outro. Comecei a orar por esse homem desconhecido. Fazia a minha prece, intercedia, dava uma de advogado, e dizi…

Problemas de Família.

Os problemas familiares em geral, são uma constante em nossa vida. Mas porque isso acontece com tanta freqüência? Por que cada vez mais vemos a violência, os desentendimentos, o desamor entre aqueles que vieram para se unir, se ajustar? Relembremos um dos ensinamentos do amado Mestre: “Quem é minha mãe e quem são meus irmãos?” Ele falou a uma multidão que o cercava e ainda prosseguiu dizendo: “Eis minha mãe e meus irmãos; porque todo aquele que faz a vontade de Deus, este é meu irmão, minha irmã e minha mãe.” referindo-se a quem o ouvia. (São Marcos, Cap III v. 20,21 e 31 a 35; São Mateus Cap XII, v. 46 a 50) Por estas palavras podemos entender à luz da Doutrina Espírita o que o Mestre quis dizer. Vendo tantas diferenças entre pais, filhos, irmãos, vamos assimilando que realmente a consangüinidade nos une pela simpatia ou por compromissos assumidos nos planos espirituais. Os nossos parentescos carnais, vem a serem nossos irmãos de luta a que viemos para resgatar embates e dívidas ant…